Consulta seguro-desemprego 2019

Saiba como fazer a consulta seguro desemprego 2019; veja todas as regras para receber o benefício e verifique o valor das parcelas

O Seguro-desemprego 2019 é um benefício que algumas pessoas que trabalharam registradas têm direito a receber. Neste texto você entenderá melhor como é seu funcionamento e se você tem direito a ele.


O que é Seguro-desemprego 2019?

O governo federal criou esse beneficio para auxiliar um trabalhador no período que procura emprego quando estiver desempregado. É paga uma quantia por determinados meses ou até que o profissional retorne ao mercado de trabalho.

Consulta seguro-desemprego 2019


Como funciona o Seguro-desemprego 2019?

Quando uma empresa desliga um funcionário sem justa causa, o mesmo deve procurar o órgão do Ministério do trabalho ou outro que seja indicado para resolver questões de beneficio social na cidade.

Neste órgão é feito uma avaliação para verificar a possibilidade de o trabalhador ser recolocado novamente ao mercado de trabalho. Se não é localizada uma nova recolocação é liberado o pagamento do benefício considerando o tempo em que esteve exercendo uma atividade.

Esse período pode ser de até 5 meses, se durante esse prazo o trabalhador conseguir um novo emprego com registro em carteira, o Seguro-desemprego 2019 é suspenso.


Novas regras do Seguro-desemprego 2019

Recentemente, aconteceram alguns reajustes no programa para corrigir diversas irregularidades no funcionamento e ainda diminuir as despesas do governo.

Essas alterações afetaram mais as pessoas que procuram pelo recebimento Seguro-desemprego 2019 pela primeira vez. Os principais destaques do novo processo são:

– Agora é preciso fazer agendamento para a solicitação do Seguro Desemprego 2019 nos órgãos responsáveis por realizar a liberação do beneficio

– Quem for solicitar, pela primeira vez, o Seguro Desemprego 2019 terão de comprovar que exerceu uma atividade remunerada pelo menos por 12 meses, ou seja, aqueles que têm menos desse prazo registrado na carteira de trabalho podem ter o pedido recusado.

– Para benefícios solicitados pela segunda vez, só vão ser concedidos q quem trabalhou registrado pelo prazo mínimo de 9 meses.

– Já para quem faz o pedido do Seguro Desemprego pela terceira vez, a necessidade de comprovação de trabalho registrado é de apenas 6 meses.

– A partir da quarta vez que é feita a solicitação do benefício, é necessário comprovar apenas 6 meses de trabalho registrado.

Consulta seguro-desemprego 2019


Parcelas Seguro Desemprego 2019

Com as mudanças que ocorreram na liberação do benefício, também foram inseridos ajustes na quantidade de parcelas pagas. Para cada tempo de prestação de serviço feito por um trabalhador a divisão de tabelas ficou da seguinte forma:

3 parcelas serão pagas na seguinte situação:

– para trabalhador que exerceu a função entre 6 e 11 meses e realiza a solicitação pela terceira vez

4 parcelas serão pagas nas seguintes situações:

– podem receber aqueles que estiveram trabalhando registrado entre 18 e 23 meses no período dos últimos 36 meses e solicita pela primeira vez o benefício.
– Caso se trate da segunda vez, a concessão será para quem trabalhou entre 12 e 23 meses.
– Já para quem solicita pela terceira vez, recebe essa quantidade de parcela aqueles que trabalharam entre 12 e 23 meses.

5 parcelas serão pagas nas seguintes situações:

– Trabalhadores que atuaram em uma função pelo tempo mínimo de 24 meses e o pedido está sendo pela segunda vez
– Quem esteve trabalhando por pelo menos 24 meses e solicita o Seguro Desemprego 2019 pela terceira vez, também tem direito a essa quantidade de parcelas.


Valor das parcelas Seguro Desemprego 2019

O Calculo do valor das parcelas do Seguro Desemprego 2019 leva em conta também vários aspectos da forma de função que o trabalhador atuou. Essas especificações se resumem a:

– Verificação se a pessoa recebeu o benefício do Seguro Desemprego 2019 nos últimos 36 meses.
– O salário base do trabalhador nos últimos 3 pagamentos.
– O período pelo qual o trabalhador prestou serviço na função.

Com base nesses dados se calcula o valor das parcelas do Seguro Desemprego 2019, o menor valor é com base no salário mínimo que atual está R$ 954,00 reais e no beneficio gera parcelas em torno de R$ 763,20 reais.


Como agendar a solicitação do Seguro Desemprego 2019 pela Internet?

Até existem regiões ainda não há a necessidade de fazer agendamento para efetuar a solicitação do Seguro Desemprego 2019, no entanto, para a maioria das cidades, isto é obrigatório, mas há o site do SSA – Sistema de Atendimento Agendado que facilita essa tarefa, conforme será demonstrado abaixo:

– Acesse a página SSA através do endereço eletrônico: http://saaweb.mte.gov.br/inter/saa/pages/agendamento/main.seam
– Depois, você só precisa selecionar o Estado para solicitação do Seguro Desemprego 2019.
– Em seguida, localize o Município. Se você mora em uma cidade diferente de onde trabalhava ou caso queira fazer o pedido do beneficio em uma localidade diferente de vive você pode.
– Os últimos passos é confirmar o Tipo de atendimento que você deseja e, por fim, fazer a inclusão do Código de Segurança e clicar em Prosseguir.

Categoria: Consulta do seguro-Desemprego

Tags:, , ,

- 20 de agosto de 2018
O Desemprego Seguro é um site não-oficial e não possui qualquer vínculo com o Ministério do Trabalho e Emprego. A página tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre o Seguro Desemprego.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado / Campos obrigatórios *