Como calcular o Seguro-Desemprego online

O Seguro Desemprego é um direito trabalhista estabelecido por lei e que está previsto na Constituição Federal. Todo trabalhador que tenha sido afastado do trabalho sem uma razão grava pode usufruir desse benefício. Ele é um auxílio financeiro, com tempo determinado, a fim de ajudar o profissional enquanto busca uma nova recolocação profissional.

As parcelas são pagas em dinheiro pelo Governo, ajudando assim o trabalhador a prover o sustento da família durante esse tempo que passar desempregado. O parcelamento varia de caso para caso, podendo ser de três a cinco meses, de forma contínua ou não.

Aprenda a fazer o cálculo

seguro-desemprego-calcular-valor

O primeiro passo para calcular o valor exato do seguro desemprego é ter em mãos os valores registrados nos três últimos contracheques, além da quantidade de meses trabalhados durante a vida profissional. A partir desse momento, é calculada a média mensal, e ela será a base para o salário a ser recebido. Nesse momento também é estabelecido o número de parcelas a serem pagas.

Existem algumas ferramentas online que ajudam o contribuinte a fazer esse cálculo de forma rápida e prática. É o caso do portal calcule.net. Para saber o quanto você tem direito a receber basta seguir esses passos:

1. Na página inicial do site, localize a opção “Trabalhistas” e clique em “Cálculo Seguro Desemprego”.

seguro-desemprego-calculo

2. Agora você deve preencher as informações referentes ao último, penúltimo e antepenúltimo salários, além da quantidade de meses trabalhados.

seguro-desemprego-salario-meses

3. Informe se você recebeu o não o seguro desemprego nos últimos 16 meses.

seguro-desemprego-salario-recebido

3. Após preencher as informações, clique no botão “Calcular”;

seguro-desemprego-calcular

4. O sistema vai fazer o cálculo e informar a quantidade e o valor das parcelas que você tem a receber.

seguro-desemprego-calculo-final

Com esse valor já estabelecido, é necessário seguir todo o procedimento para dar entrada no seguro, sendo que o prazo máximo para levar a documentação é de 120 dias a contar da data da dispensa. É muito importante que você não perca esse prazo.

Entendendo melhor o benefício

No decorrer do processo para calcular e receber o Seguro Desemprego é normal que várias dúvidas façam parte da vida dos trabalhadores. Uma boa maneira para que tudo tenha o desfecho planejado é entender como esse benefício funciona.

1. Caso o empregado tenha trabalhado por mais de três meses, os salários que serão levados em consideração serão esses últimos salários, mesmo que tenha sofrido algum tipo de alteração. São estes recebimentos que passam a valer como base do cálculo, sendo que esse fator vale para quase todos os casos.

2. Naquelas situações em que o trabalhador tenha recebido apenas dois, ao invés dos três salários da empresa na qual mantinha um vínculo empregatício, são esses dois salários que serão levados em consideração no momento do cálculo.

3. Já em casos em que o empregado tenha recebido apenas um salário naquele emprego que ocupou, este será levado em consideração ao abrir uma investigação para saber se ele terá ou não direito ao Seguro Desemprego. Outra premissa fundamental para receber o benefício é que o trabalhador tenha sido dispensado sem justa causa. Essa regra é muito importante e será levada em consideração pelo INSS.

Liberação

Para saber se o valor já está disponível na conta informada pelo beneficiado na Caixa Econômica Federal, você precisa acessar o site do Ministério do Trabalho e informar o número do PIS/PASEP. Lá irão constar todas as informações necessárias para você consultar a situação do seu recurso.

Vale lembrar que o Seguro Desemprego é verificado pelo Ministério do Trabalho e é liberado aos poucos. Por esse motivo, poderá demorar alguns dias para você receber. Vai variar muito de acordo com o lote liberado pelo governo. Também devem ser levados em consideração se todos os prazos e pré-requisitos tenham sido aceitos no período determinado.

Essas foram as informações para você aprender a calcular o Seguro Desemprego. Se elas foram úteis para você, compartilhe com seus amigos no Facebook ou clique no botão “Curtir”. E se você tiver alguma dúvida, escreva sua pergunta na seção de comentários.

Categoria: Parcelas Seguro Desemprego

Tags:,

- 20 de abril de 2016
O Desemprego Seguro é um site não-oficial e não possui qualquer vínculo com o Ministério do Trabalho e Emprego. A página tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre o Seguro Desemprego.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado / Campos obrigatórios *