Nenhum Comentário

Quem tem direito a receber seguro-desemprego 2019

Confira as principais regras e saiba quem pode receber seguro desemprego 2019

O seguro desemprego é um pagamento que o Ministério do Trabalho e Emprego faz aos trabalhadores desempregados, desde que eles tenham um tempo mínimo de registro na carteira profissional.

Ele pode ser dividido em até 5 parcelas e não existe um valor fixo: o cálculo depende de quanto esse trabalhador recebia no seu último emprego.

Os cidadãos podem pedir esse seguro todas as vezes que ficarem desempregados e esse pedido pode ser realizado nos postos do MTE, na Delegacia Regional do Trabalho ou no Sistema Nacional de Emprego (SINE).

Para isso, é preciso levar a carteira de trabalho, os documentos pessoais e, se possível, o extrato do FGTS. Cabe destacar que alguns estabelecimentos, como o SINE, pedem que se faça agendamento para esse tipo de solicitação.

Para receber o seguro desemprego, é necessário que o cidadão vá à Caixa Econômica Federal nos dias determinados e com o seu documento pessoal. Não é necessário que essa pessoa crie uma conta na Caixa; se ela tiver, porém, pode-se pedir o depósito.


Quanto tempo é preciso trabalhar para receber o seguro desemprego 2019?

Como dito, existem períodos determinados de registro na carteira para que uma pessoa possa pedir o seguro desemprego. Até recentemente, qualquer pessoa que tivesse seis meses registrados estava apta a pedir esse benefício, mas isso foi mudado: esses seis meses são válidos apenas da terceira vez em diante.

Para quem nunca recebeu o seguro desemprego antes, o tempo mínimo de registro é de 12 meses; quando o cidadão pede pela segunda vez, esse tempo cai para 9 meses.… Clique aqui para ler o artigo completo

Nenhum Comentário

Agendamento seguro-desemprego 2019

Consulte todas as informações necessárias para fazer agendamento seguro desemprego 2019; veja também o valor das parcelas e como fazer o saque do benefício

O seguro-desemprego é o que mantém as finanças de diversos trabalhadores durante o tempo em que ficam sem trabalho. Concedido apenas a quem é registrado, esse benefício consiste em uma quantia baseada nos últimos salários e é paga a todos os tipos de funcionários, desde os executivos até os serventes de limpeza.

Entretanto, o seguro-desemprego não é uma ajuda permanente: os trabalhadores o recebem pelo máximo de 5 meses. Também existem intervalos obrigatórios para que as pessoas peçam esse benefício: é preciso que haja dezesseis meses desde a última parcela até o novo pedido.

Esse benefício trabalhista é gerenciado pelo Ministério do Trabalho e Emprego, que se utiliza das lotéricas para pagá-lo, assim como da Caixa Econômica Federal. Apesar de ser muito bom para os trabalhadores, é claro que esse seguro também causa bastante gasto para o governo federal e, devido a isso, foram determinadas mudanças para o ano de 2019.

Essas mudanças serviram, principalmente, para que os trabalhadores demorem mais a poder pedir o seguro-desemprego: antes, qualquer um podia requisita-lo se estivesse registrado por um mínimo de seis meses. Agora, o MTE fez com que esse prazo se tornasse maior mas primeiras duas solicitações.


Qual é o valor do seguro-desemprego 2019?

É natural que os profissionais perguntem o valor do seguro-desemprego para poder planejar suas contas. Entretanto, o benefício é determinado de acordo com a média salarial do cidadão nos últimos 90 dias antes do desligamento.… Clique aqui para ler o artigo completo