Confira os valores do seguro-desemprego 2017 atualizados

O mundo inteiro passa por uma situação delicada quando o assunto é a economia, e no Brasil não é diferente. Isso faz com que alguns trabalhadores fiquem apreensivos em relação ao recebimento dos seus benefícios – e se eles vão passar por algum processo de redução ou não.

Naturalmente, este temor acaba passando também por temas relacionados ao seguro-desemprego. Para esclarecer todas essas dúvidas, nós vamos apresentar neste texto os valores do seguro-desemprego 2017 atualizados.

Mas antes de conferir a tabela, é sempre bom ficar por dentro das novas regras que já começaram a valer para quem vai dar entrada no benefício.

Muitas dessas mudanças têm como principal objetivo acabar com eventuais fraudes e diminuir o rombo que assola as contas da Previdência. Confira os termos e veja o que está valendo para 2017.

Mudanças para o seguro-desemprego 2017

O Governo vem inserindo diversas mudanças a fim de amenizar os efeitos da crise no cenário econômico do Brasil. Desta maneira, os novos recursos solicitados precisam levar em consideração alguns pontos, tais como:

1. É obrigatório que o profissional tenha trabalhado por no mínimo 12 meses consecutivos, ou seja, pessoas que tenham cumprido um prazo menor que este tempo mínimo não poderão receber o seguro-desemprego 2017 (no caso da primeira solicitação).

2. Para aqueles trabalhadores que estão fazendo a segunda solicitação do benefício, é obrigatório ter trabalhado por no mínimo 9 meses na mesma empresa.

3. No caso das demais solicitações (terceira, quarta, etc.), este tempo de trabalho deve ser de no mínimo 6 meses.

Com relação às outras regras, que já estavam em vigor antes das mudanças, continuam valendo os seguintes pontos:

1. Ser demitido sem justa-causa; este é um ponto obrigatório para você conseguir receber o seu benefício.

2. Não ser beneficiário de nenhum outro auxílio dado pelo Governo.

3. Ter cumprindo um período de carência de no mínimo 2 anos entre as solicitações.

Se você ainda tem dúvidas, veja quem tem direito a receber o seguro-desemprego neste post.

Tabela do seguro-desemprego 2017

valores-seguro-desemprego-2017

Assim como ocorreu nos anos anteriores, o cálculo das parcelas do seguro-desemprego 2017 depende de alguns fatores como a faixa de salário e também o tempo de trabalho. Veja como funciona:

  • Salário de até R$ 1.360,70 – deve ser multiplicado por 0,8.
  • Salário entre R$ 1.360,71 até R$ 2.268,05 – o valor deve ser multiplicado por 0,5 e somado a R$ 1.088,56.
  • Salários acima de R$ 2.268,05 – o valor máximo da parcela é de R$ 1.542,24, visto que esse é o teto estabelecido pelo governo.

Alguns pontos são essenciais para entender melhor o salário que será considerado no momento de fazer esse cálculo, como, por exemplo:

  • Somente os salários do mês completo são usados para o cálculo, isto é, se o trabalhador for demitido no dia 20, o salário que ele receberia neste mês não é considerado.
  • O valor do benefício não pode ser inferior ao salário mínimo, pois seria considerado irregular.

Você acabou de conferir as informações sobre os valores do seguro-desemprego 2017. Se elas foram úteis para você, compartilhe com seus amigos no Facebook ou clique no botão “Curtir”. E caso você tenha alguma dúvida, escreva a sua pergunta na seção de comentários.

Categoria: Seguro-desemprego 2017

Tags:, ,

- 23 de dezembro de 2016
O Desemprego Seguro é um site não-oficial e não possui qualquer vínculo com o Ministério do Trabalho e Emprego. A página tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre o Seguro Desemprego.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado / Campos obrigatórios *