Como funciona o Programa Desempregado da Comgás

Muitos brasileiros estão passando por uma situação difícil, principalmente por conta do atual cenário da economia mundial, e o desemprego é apenas um dos problemas mais comuns.

Para auxiliar essas famílias, existem algumas iniciativas  que ajudam nas contas do dia a dia, como o Programa Desempregado da Comgás. No entanto, é muito importante saber quais os pré-requisitos obrigatórios, e também como funciona o programa para aproveitar melhor esse benefício.

Características do programa

O plano da Comgás conta com diversas vantagens, e o seu funcionamento é muito interessante para quem se encontra nessa situação, uma vez que permite ao consumidor ter a sua conta de gás suspensa durante um período estabelecido.

Ele também oferece condições especiais para que os débitos anteriores possam ser quitados ao atingir o período de cada carência, ou seja, sobre essas contas não incidem nem juros e nem correção monetária.

Esse tempo de carência é de no máximo seis meses, podendo ser renovado após o seu término, desde que a Comgás aceite o requerimento feito pelo consumidor. Para cada novo pedido é feita uma análise específica, a fim de conferir se todas as informações são verdadeiras.

Quem pode se cadastrar no programa

Como funciona o Programa Desempregado da Comgás

Assim como acontece em outras iniciativas sociais, as pessoas que desejam fazer parte do Programa Desempregado da Comgás precisam cumprir alguns requisitos obrigatórios, são eles:

1. Ser titular da conta de gás, e o período mínimo que a conta deve estar no nome da pessoa é de noventa dias.

2. Ter sido demitido (a) sem justa causa.

3. O período de desemprego não pode ser superior a 12 meses.

4. O consumidor não poderá ter débitos anteriores. Caso exista, é essencial começar a negociar o valor devido com a Comgás.

5. O consumo médio mensal deve ser de, no máximo, 25 metros cúbicos.

No caso de cumprir todos esses pré-requisitos, os interessados já poderão dar entrada no procedimento. Para fazer esse cadastro, é necessário se dirigir a uma das agências da Comgás e preencher uma ficha de inscrição fornecida pela empresa.

⇒ Veja também: Como tirar a credencial da CPTM para desempregados

Documentos para fazer o cadastro

Para fazer o cadastro, é apresentar a seguinte documentação:

  • Carteira de trabalho já com a anotação de dispensa.
  • Termo de rescisão do contrato de trabalho fornecido pela empresa, sendo necessário a homologação do sindicato ou da Delegacia do Trabalho.
  • Formulário para movimentar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).
  • Formulário referente ao seguro-desemprego.

Validade do programa

Como mencionado anteriormente, o período de carência do programa é de seis meses, podendo ser renovado. Porém, há casos em que o plano pode ser suspenso, os principais são:

  • Consumo acima do máximo permitido.
  • Falta de pagamento dos débitos negociados no tempo de carência.
  • Pedidos de renovação que não forem finalizados.
  • Cancelamento feito pelo próprio consumidor.
  • Cancelamento feito pela equipe responsável da Comgás por falta de informações necessárias, ou pelo não cumprimento de algum dos pontos acordados.
  • Término do Programa Desempregado da Comgás.
  • Quando o beneficiário conseguir uma recolocação no mercado de trabalho e não mais se enquadrar como desempregado, nesse caso, o programa será cancelado imediatamente.

Você acabou de conferir as informações sobre o Programa Desempregado da Comgás. Se elas foram úteis para você, compartilhe com seus amigos no Facebook ou clique no botão “Curtir”. E caso você tenha alguma dúvida, escreva a sua pergunta na seção de comentários.

Categoria: Benefícios para Desempregados

Tags:, ,

- 27 de julho de 2017
O Desemprego Seguro é um site não-oficial e não possui qualquer vínculo com o Ministério do Trabalho e Emprego. A página tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre o Seguro Desemprego.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado / Campos obrigatórios *