Como fazer a Carteira de Trabalho Digital

A era digital é uma realidade, e chegou para trazer mobilidade e facilidades para a vida de todos. Entre elas, está uma boa novidade para os trabalhadores brasileiros: agora o Ministério do Trabalho e Emprego também oferece a Carteira de Trabalho Digital. Ela uma ferramenta lançada pelo governo, em parceria com a Dataprev, para facilitar a vida de todos os profissionais.

O documento eletrônico funciona como uma extensão da carteira de trabalho impressa, e visa modernizar e facilitar o acesso do trabalhador a todas as informações sobre seus empregos formais, bem como Contratos de Trabalho e Qualificação Civil.


Quem pode ter a Carteira de Trabalho Digital?

A Carteira de Trabalho Digital é destinada a todo e qualquer cidadão que deseja ter o acesso a suas informações laborais com mobilidade e a qualquer momento pelo celular. Para fazer a consulta de forma simples e rápida, basta possuir um smartphone com sistema operacional Android ou iOS, e seguir as orientações que vamos mostrar a partir de agora.

Passo a passo para obter a Carteira de Trabalho Digital:

1 – Ter um smartphone com sistema Android ou IOS;

2 – Acessar a loja de aplicativos do telefone, como por exemplo, a Play Store e APP Store;

3 – Procurar por “Carteira de Trabalho Digital” e baixar a ferramenta;

4 – Abrir a ferramenta e esperar o carregamento em que irá aparecer a tela com as informações necessárias;

5 – Escolher uma das quatro opções apresentadas pelo sistema:

  • Entrar
  • Solicitar 1ª Via
  • Solicitar 2ª Via
  • Perguntas Frequentes

5.1 – Para o cidadão que já possui senha cadastrada no cidadão.br e no Sine Fácil, basta clicar em “Entrar” e informar a senha, pois será a mesma para ambos os aplicativos. É preciso ler a “Política de Privacidade”, concordar com os termos e aceitar. Em seguida, digitar o número do CPF, a senha e clicar em “Entrar”.

5.2 – Para aqueles que não possuem cadastro no cidadão.br ou no Sine Fácil, será necessário criar uma senha clicando em “Primeiro Acesso ao Cidadão.br” ou em “Cadastre-se”.

Neste caso, será necessário informar dados pessoais como CPF, data de nascimento, nome da mãe e estado do nascimento. Esses dados serão automaticamente validados no Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS).

Após a validação dessas informações, o cidadão será direcionado para algumas perguntas sobre seu histórico laboral, ou seja, sobre sua trajetória de admissões e demissões. São cinco perguntas, tendo o cidadão que acertar quatro (é necessário estar com a Carteira de Trabalho física em mãos).

Acertando a quantidade necessária, a pessoa receberá uma senha provisória que deverá ser trocada no primeiro acesso.

6 – Após realizar todos os procedimentos, a instalação está completa e o cidadão poderá utilizar a ferramenta quando desejar.

Obs: O cidadão que nasceu no exterior deve clicar na opção “Não sou Brasileiro”. Ele será direcionado para obter mais informações sobre o cadastro.


Funções do Aplicativo da Carteira de Trabalho Digital

Como fazer Carteira de Trabalho Digital

O aplicativo da Carteira de Trabalho Digital oferece algumas opções que facilitam a vida do trabalhador. Na tela seguinte, após a instalação e a validação dos dados, encontram-se as opções de “Entrar”, “Solicitar 1ª Via”, “Solicitar 2ª Via” e “Perguntas Frequentes”.

Menu Entrar

No menu “Entrar”, o trabalhador encontrará as informações pessoais de sua carreira profissional, como contratos, admissões, demissões, entre outros itens.

Menu Solicitar 1ª Via e Solicitar 2ª Via

Nos menus “Solicitar 1ª Via” e “Solicitar 2ª Via”, o agendamento para atendimento nos postos não se faz necessário. Basta preencher o formulário e fazer o pré-cadastro que é válido por 30 dias. Depois disso, o cidadão deve ir a um posto apenas para validar os dados e formalizar o pedido.

Menu Perguntas Frequentes

Na seção “Perguntas Frequentes”, o usuário encontra as respostas para dúvidas recorrentes entre os usuários do sistema, podendo assim ficar melhor informado caso tenha contratempos ao utilizar o aplicativo.


O que você precisa saber sobre a Carteira de Trabalho Digital

A Carteira de Trabalho Digital possui a vantagem de ser um sistema integrado de informações entre os bancos de dados do Ministério do Trabalho, oferecendo maior segurança de informações ao trabalhador.

Esse aplicativo veio para trazer aos cidadãos maior acessibilidade a suas próprias informações, porém, é necessário frisar que esse “documento virtual” não substitui a Carteira de Trabalho impressa, que continua sendo o documento legal do trabalhador. É mais uma ferramenta criada para facilitar e agilizar o acesso às informações, sendo uma extensão da Carteira original.

Você acabou de conferir informações sobre a Carteira de Trabalho Digital. Se elas foram úteis para você, compartilhe com seus amigos. E se você ficou com alguma dúvida, escreva a sua pergunta na seção de comentários.

Categoria: Carteira de Trabalho

Tags:, , ,

- 19 de dezembro de 2017
O Desemprego Seguro é um site não-oficial e não possui qualquer vínculo com o Ministério do Trabalho e Emprego. A página tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre o Seguro Desemprego.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado / Campos obrigatórios *