Como dar entrada no seguro desemprego online

Neste artigo você pode consultar todos os procedimentos para dar entrada no seguro desemprego online

Os trabalhadores sempre estão sujeitos a perder o seu emprego e, se isso acontece, uma das maneiras de manter as contas em dia é usar o seguro desemprego.

Esse benefício é garantido aos profissionais que têm carteira assinada por um período mínimo de tempo e o seu valor é determinado de acordo com as últimas remunerações.

Normalmente, as pessoas costumam dar entrada no seguro desemprego pessoalmente, mas também se pode fazer isso online: basta acessar o Portal Emprega Brasil.

Saiba como dar entrada no seguro desemprego online, quais são os valores e muito mais.


Quem pode dar entrada no seguro desemprego online?

Esse benefício só é com cedido a alguns tipos de trabalhadores:

  • Aos empregados formais que precisaram se ausentar das funções devido à especialização profissional, sendo esta permitida pela empresa;
  • Ao empregado formal ou doméstico que foi mandado embora sem justa causa;
  • À pessoa que trabalhava em condição parecida à de escravidão e foi resgatada.
  • Ao pescador registrado que está no período de defeso.

Os dois primeiros tipos de trabalhador têm ainda de se encaixar nos períodos de tempo abaixo:

  • Se é o primeiro pedido de seguro desemprego online, os registros devem somar um ano ou mais;
  • Se é o segundo pedido de seguro desemprego online, os registros em carteira devem somar nove meses ou mais;
  • A partir do terceiro pedido de seguro desemprego online, os registros têm de somar seis meses ou mais.

No caso de quem estava trabalhando em condição parecida à da escravidão, bastará comprovar que houve esse resgate para ter direito ao seguro desemprego.

Para os pescadores, o benefício é concedido em todos os períodos de defeso.

Como dar entrada no seguro desemprego online


Como não perder o seguro desemprego?

Infelizmente, há muitos trabalhadores que perdem o direito ao benefício porque não dão entrada no período correto. Para evitar isso, é necessário se lembrar do seguinte:

  • Quem vai fazer um programa de qualificação profissional pode acessar o Portal Emprega Brasil a qualquer momento e pedir o benefício;
  • O pescador pode fazer essa solicitação em até quatro meses depois de o período de defeso começar;
  • O trabalhador formal que foi mandado embora sem justa causa pode dar entrada a partir da primeira semana e até quatro meses depois da demissão;
  • Empregado doméstico pode pedir o seguro desemprego a partir da primeira semana e até três meses depois do desligamento;
  • O trabalhador que foi resgatado não tem data mínima para dar entrada no benefício, mas precisa fazer isso até os três meses depois do resgate.

Como dar entrada no seguro desemprego online?

O site Portal Emprega Brasil permite que os trabalhadores peçam o seguro desemprego de forma cômoda e rápida. O processo é o seguinte:

  • Acessar o Portal Emprega Brasil;
  • Clicar em “Cadastrar”;
  • Fazer o cadastro no sistema Cidadão.br (ele é usado por quem pede benefícios do INSS e, se o indivíduo já fez qualquer agendamento virtual, é provável que não precise criar outro login);
  • Depois de logado, o indivíduo clica em “Ferramentas do trabalhador” e preenche todas as oito abas apresentadas;
  • No final, o trabalhador confirma que quer receber o seguro desemprego.

As oito abas mencionadas acima servem para que o governo federal tenha informações gerais sobre o profissional e até para ajudá-lo a se recolocar no mercado de trabalho.

O solicitante perceberá que se trata de um cadastro bem semelhante ao que se faz nos sites de emprego.


Onde receber as parcelas do seguro desemprego?

A solicitação feita via Portal Emprega Brasil leva até um mês para ser analisada e, se aprovada, o trabalhador começa a receber nos correspondentes Caixa Aqui, na Caixa Econômica Federal e nas casas lotéricas.

Cabe dizer que esse um mês de prazo também existe quando se pede o seguro desemprego na SRTE ou no SINE.

Para o saque nas agências, é só levar documento de identidade; para os demais lugares, é necessário levar o Cartão Cidadão também.


Qual é o valor do seguro desemprego?

O cálculo pode ser feito pelo trabalhador, mas ele terá de usar os três últimos salários exatos para fazer a média:

  • Se ela for de até R$ 1.531,02, a pessoa tem de multiplicar o valor por 0,8;
  • No caso de essa média ficar entre R$ 1.531,02 e R$ 2.551 96, há duas etapas: a primeira é subtrair R$ 1.531,02 do valor e separar metade desse resultado. A segunda é somar a essa metade mais R$ 1.224,82;
  • Se a média for maior que R$ 2.551,96, o seguro desemprego sempre será de R$ 1.735,29.

Como dar entrada no seguro desemprego online


Quem não pode dar entrada no seguro desemprego online?

As pessoas abaixo não podem receber seguro desemprego, seja solicitando no Portal Emprega Brasil, seja solicitando pessoalmente:

  • Quem tem participação em qualquer empresa, lembrando que isso inclui as ações compradas na bolsa;
  • Quem foi mandado embora de um trabalho formal, mas ainda é funcionário em outro lugar;
  • Quem tem algum negócio.

Categoria: Receber Seguro Desemprego

- 30 de abril de 2019
O Desemprego Seguro é um site não-oficial e não possui qualquer vínculo com o Ministério do Trabalho e Emprego. A página tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre o Seguro Desemprego.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado / Campos obrigatórios *